Simuladores Obrigatórios só em Junho de 2014

Simuladores nas autoescolas só serão obrigatórios a partir de 30 de junho deste ano

O DETRAN MG adiou a obrigatoriedade das autoescolas se equiparem com simuladores. O novo prazo do Conselho Nacional de Trânsito (Contran) é 30 de junho. A nova data foi estipulada depois que o órgão ter promovido visitas técnicas em 12 Estados e constatado dificuldades de adequação à nova norma, que entrou em vigor em 1º de janeiro deste ano.

Isso porque no Brasil, existem apenas quatro empresas fabricantes dos simuladores, o que dificulta e, muito, o acesso ao equipamento em todo o território nacional. Há ainda as questões de que dez Estados, mais o Distrito Federal ainda não contam com o sistema de biometria, essencial para o uso do simulador.

Simuladores Adiados

Veja também:

Além disso, “os conselheiros avaliaram a necessidade de dar um novo prazo depois de apreciar o relatório das visitas realizadas pelo Denatran (Departamento Nacional de Trânsito)”, informou a assessoria do departamento, em entrevista ao Jornal O Tempo. O tempo foi dado para que as autoescolas melhorem suas estruturas.

Para os técnicos do Denatran, as autoescolas do interior do Estado precisam se adequar para atender demandas regionais, como disponibilidade de internet, criação de unidades itinerantes e centros de simuladores compartilhados pelas autoescolas. O Denatran continuará a fazer visitas técnicas com o objetivo de avaliar as dificuldades locais na implantação do simulador e informá-las ao Contran.

O uso dos simuladores foi regulamentado na lei de trânsito pelo Conselho Nacional de Trânsito (Contran) no final de 2012. A obrigatoriedade seria de usá-lo desde junho do ano passado, mas foi repassada para o dia 1º de janeiro de 2014 e adiado novamente, já que as autoescoas continuaram a alegar que não estão preparadas para colocar em vigor a regra. Para se ter uma ideia, das 1,8 mil autoescolas de Minas Gerais, apenas 20 possuem esses simuladores, sendo quatro em Belo Horizonte, ou seja, 1%.

Em janeiro, entrou em vigor a resolução 444/13 que torna obrigatório nas autoescolas o uso do simulador, já adotado em alguns estados, como São Paulo, Rio Grande do Sul e Acre, segundo informou a assessoria do Ministério das Cidades. O governo decidiu tornar obrigatórios os simuladores em 2010, motivado por um pacto na ONU para redução até 2020 de 50% na mortalidade por acidentes de trânsito.

Simuladores Encarecerão as Carteiras de Motorista

A partir de 30 de junho, nova data para que as autoescolas passem a introduzir as aulas nos simuladores, as pessoas que desejarem tirar a primeira habilitação, pagarão mais caro. Isso porque, as aulas no simuladores serão obrigatórias. Ao todo, serão 5 horas/aula em um simulador de direção antes da expedição da Licença para Aprendizagem de Direção Veicular (LADV), com a qual o aluno pode fazer as aulas práticas na ruas da cidade.

O simulador é uma alternativa positiva já que garante a experiência das aulas práticas sem expor os alunos e os próprios cidadãos em risco. Além disso, a máquina seria uma prévia virtual do que será as aulas de direção da rua. “O simulador vem contribuir na formação quando ele coloca situações adversas, que no dia a dia, muitas vezes, o condutor não vai ter.

São cinco horas aulas de 30 minutos e nessas aulas ele vai ter chuva, neblina, fogo na estrada, um pedestre que vai atravessar a via na frente dele e a questão da sinalização”, explicou em entrevista recente à radio Itatiaia, Maria Cristina Hoffmann, coordenadora geral de qualificação do fator humano no trânsito do Denatran.

Inicialmente, os simuladores serão utilizados na formação de condutores que a fazem a primeira habilitação, na categoria B, mas futuramente será usado para a primeira habilitação em todas as categorias.

Tirar Carteira de Motorista Deve Ficar Mais Caro em MG

Em Minas Gerais, tirar a primeira habilitação já está mais caro e deve ficar ainda mais com a inserção dos simuladores nas aulas de direção. O aumento se deve porque a partir deste ano, houve a modificação da carga horária de aulas teóricas, que de 30h/a passou para 45h/a.

Até o ano passado um candidato a motorista desembolsava cerca de R$900 por 20 aulas práticas de direção. Atualmente este valor já ultrapassa os R$1 mil. Isso porque, além das aulas práticas já terem ficado R$100 mais caras, as taxas pagas ao DETRAN MG também sofreram reajuste no início do ano, a soma dos valores, que era de R$ 187,61 passou a ser de R$ 205,76, um aumento de 9,67%.

A expectativa é que, em junho, com os simuladores, o valor para obtenção da primeira habilitação sofra novo aumento. O simulador custa cerca de R$40 mil, mais R$1.800 de manutenção e emissão de relatórios de dados sobre as aulas para o DETRAN MG e o Departamento Nacional de Trânsito (Denatran). A questão é que cada autoescola precisa de, no mínimo, dois simuladores, já que cada um pode atender apenas 40 alunos por mês. O valor, no final das contas, será repassado aos candidatos aos motoristas.

Cadastre seu e-mail no campo abaixo para receber as novidades:

Faça um Comentário

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *