• in

    DETRAN MG – Consulta de Multas e Infrações

    Consulta de Multas DETRAN MG

    Confira no site do DETRAN MG multas que podem ter sido aplicadas ao seu veículo.

    A falta de atenção e disciplina na condução de veículos pode acabar custando bem caro ao condutor onde o mesmo pode acabar recebendo uma multa.

    Falar ao celular para resolver uma questão importante enquanto dirige, acelerar um pouco mais pra chegar mais rápido no seu destino, entre outras situações, são passíveis de gerar uma penalidade de trânsito ao motorista.

    Dentre as infrações mais detectadas pelo Detran MG estão as de avanço de sinal e de estacionar em local de carga e descarga. Infrações de trânsito ocorrem aos montes a cada segundo em nossa cidade e os valores das multas para quem desrespeita as leis de trânsito pode chegar até por volta de R$ 2.000,00, dependendo da situação.

    Consultar Multas no DETRAN MG

    Muitos tem dúvidas sobre quais informações são necessárias para descobrir multas ou infrações de um determinado veículo, sendo que algumas pessoas acham que é possível efetuar a consulta de multas com o RENAVAM apenas e outros imaginam que a consulta de multas por placa, e sem nenhuma outra informação é possível.

    Na verdade é obrigatório ter todos estes dados citados acima em mãos, ou seja, tanto a placa do veículo quanto o RENAVAM do mesmo, e assim você pode seguir o passo a passo abaixo para realizar no DETRAN MG a consulta de multas.

    Existem duas opções para saber a situação de um veículo:

    1. Modalidade online: onde não o proprietário não é obrigado a comparecer à uma unidade de atendimento do DETRAN MG, o processo é feito totalmente pela internet.
    2. Modalidade presencial: onde o proprietário deverá se dirigir à qualquer unidade de atendimento do DETRAN MG portando a documentação necessária.

    Para quem optar pela primeira opção (que é a mais simples), basta clicar aqui para ser direcionado ao formulário de Emissão de Extrato de Multas.

    Consulta de Multas DETRAN MG
    Tela de Emissão de Extrato de Multas do site do DETRAN MG

    Após acessar a tela acima, basta seguir os seguintes passos:

    • Informar o número da placa do veículo
    • Informar o RENAVAM
    • Clicar no botão Avançar

    DETRAN MG Multas

    No caso, a multa de valor mais alto até agora é de dirigir sob influência do álcool ou sob influência de substância que determine dependência. O motorista autuado nestas circunstâncias terá que desembolsar R$ 1.915,40 de valor de multa.

    As multas no DETRAN MG são classificadas em quatro categorias e para cada categoria são computados pontos na carteira de habilitação conforme abaixo:

    Vale a pena consultar periodicamente se existe alguma multa aplicada ao seu veículo.

  • in

    IPVA 2018 MG – Consulta, Valor, Calendário e etc

    IPVA 2018 MG

    O IPVA 2018 será em média 2,98% menor em relação à 2017.

    O Imposto sobre a Propriedade de Veículos Automotores (IPVA) em Minas terá redução média de 2,98% em 2018, segundo a Secretaria Estadual da Fazenda. Em contrapartida, a taxa de licenciamento permaneceu a mesma de 2017, sendo R$ 92,66 com vencimento no dia 2 de abril de 2018 e o valor já pode ser pago a partir de 4 de dezembro de 2017.

    Sobre os Pagamentos do IPVA 2018

    O contribuinte poderá parcelar o IPVA em três vezes, com vencimentos nos meses de janeiro, fevereiro e março. A primeira parcela vence no dia 10 de janeiro, referente aos veículos com placas de final 1 e 2.

    Veja também:

    Os pagamentos do IPVA 2018 das placas de final 1 e 2 serão feitos no dia 10. A escala acaba com os números 9 e 0, no dia 16 do mesmo mês. Quem optar por quitar o IPVA de uma só vez terá desconto de 3%.Os pagamentos a vista já podem ser feitos. A Taxa de Licenciamento Anual de VeículoTRLAV, em cota única permaneceu no mesmo no valor de 2017 sendo no valor de R$ 92,66 e com vencimento em 2 de abril de 2018, também já pode ser quitada.

    IPVA 2018 MG

    Agentes Arrecadadores

    Para pagar o IPVA 2018 a vista ou parcelado você deve informar o número do Renavam nos terminais de auto atendimento dos seguintes Agentes Arrecadadores: Banco do Brasil, Mais BB, Banco Postal, Bradesco, Itaú, Bancoob, Mercantil do Brasil, HSBC, Caixa Econômica Federal, Casas Lotéricas e Santander.

    Emissão da Guia de Arrecadação do IPVA

    A emissão da Guia de Arrecadação do IPVA poderá ser feita também pelo site da SEF, nas Repartições Fazendárias e Unidades de Atendimento Integrado (UAI). As guias emitidas nas Repartições Fazendárias e UAI conterão o valor da Taxa de Expediente de R$ 7,91 em 2018.

    Quem não pagar o IPVA nas datas estabelecidas gera multa de 0,3% ao dia (até o 30º dia), multa de 20% após o 30º dia e juros (SELIC) calculados sobre o valor do imposto ou das parcelas, conforme o caso. E mais, os devedores poderão ter seus nomes inclusos no Cadastro Informativo de Inadimplência em relação à Administração Pública do Estado de Minas Gerais (Cadin-MG). Os casos serão avaliados individualmente.

    Do total arrecadado com o IPVA, 40% ficará com o Estado, 40% com a prefeitura e 20% com Fundo de Educação. Em 2017, Minas arrecadou R$ 4,6 bilhões. O Estado espera arrecadar, neste ano, 5,1 bilhões com o pagamento do imposto. A frota de veículos em Minas é de 9,767 milhões de veículos – crescimento 4% em um ano.

    Tabela com as Datas de Vencimento do IPVA 2018

    Veja abaixo uma tabela para facilitar a conferência das datas de vencimento do IPVA 2018:

    Finais de Placas Cota Única / 1ª Parcela 2ª Parcela 3ª Parcela
    Janeiro Fevereiro Março
    1 e 2 10 15 15
    3 e 4 11 16 16
    5 e 6 12 19 19
    7 e 8 15 20 20
    9 e 0 16 21 21

    Consulte o IPVA pelo seu Smartphone

    As consultas de valores do IPVA 2018 podem ser feitas pelo Renavam ou Marca/Modelo pelo site da SEF (www.fazenda.mg.gov.br) e pelo telefone 155 do LIGMINAS para todo o Estado de Minas Gerais.

    É possível também consultar o IPVA 2018 MG através do aplicativo gratuito para smartphones e tablets, está disponível, para sistemas Android e iOS e permite a consulta do valor do IPVA, da taxa de licenciamento e outras informações relacionadas ao registro de veículos automotores (carros, motos, caminhões, etc). Para ter acesso, basta baixar o aplicativo:

    Pagar IPVA a vista ou parcelado?

    Quem tem o valor integral para pagar o IPVA 2018 a vista deve verificar se o desconto é maior ou menor do que o rendimento da poupança, caso o dinheiro estivesse aplicado. Se o desconto for maior do que o rendimento, é melhor pagar à vista. Se for menor, é melhor pagar parcelado.

    A conta fica simples quando exemplificado. No caso de Minas Gerais, que o desconto para quem paga a vista é de 3%, pode ser melhor pagar o IPVA em parcelas. Isso porque é possível conseguir uma aplicação com um ganho de pouco mais de 1% ao mês.

    Em outros estados que o desconto pode chegar a 5%, é mais vantajoso pagar a vista, já que é bem difícil encontrar uma rentabilidade que atinja este percentual em três meses.

    Isentos do IPVA 2018

    Mais de 50 mil proprietários de veículos têm direito à isenção do Imposto sobre a Propriedade de Veículo Automotores (IPVA). Portadores de deficiências físicas, autistas e taxistas compõem a maior parcela da lista.

    As situações de isenção do imposto são:

    • Entidade Filantrópica
    • Veículo de Embaixada
    • Portador de deficiência física, visual, mental ou autista (ICMS e IPVA)
    • Condutor Profissional Autônomo – TAXISTA (ICMS e IPVA)
    • Veículo de Valor Histórico
    • Veículo Recuperado de Roubo
    • Veículo Sinistrado com Perda Total
    • Veículo Objeto de Sorteio
    • Veículo Adquirido em Leilão Promovido pelo Poder Público
    • Veículo Cedido em Comodato
    • Veículo Usado em Estabelecimento Revendedor Inscrito
    • Veículo de Transporte Escolar
    • Conselho Tutelar Municipal (ICMS)
    • Doação de Veículo pelo Município ao Estado (ICMS)
    • Veículo Adquirido pelo Programa de Incentivo à Renovação da Frota de Caminhões no Estado

    Lembrando que se faz necessário solicitar a isenção no site da Secretaria de Estado de Fazenda.

    Saiba como Calcular o IPVA 2018

    Em Minas Gerais, o valor do IPVA é calculado baseado no valor da Alíquota e da Base de Cálculo. Para saber o valor do seu IPVA 2018 basta multiplicar o valor de venda de seu veículo pela alíquota referente a seu tipo de carro e você terá como resultado o valor do IPVA.

    Valor de venda x alíquota = IPVA

    Alíquota

    4,0% Automóveis, veículos de uso misto e utilitários;
    3,0% Caminhonetes de carga (pick-ups) e furgão;
    2,0% Automóveis, veículos de uso misto e utilitários com autorização para transporte público;
    2,0% Motocicletas e similares;
    1,0% Veículos de locadoras (pessoa jurídica);
    1,0% Ônibus, micro ônibus, caminhão, caminhão trator.

    Base de cálculo

    Para veículos novos a base de cálculo do IPVA é o preço total que consta no respectivo documento fiscal de venda.

    Para veículo usado, a base de cálculo do IPVA é o preço médio praticado no mercado, no final do exercício anterior ao da cobrança, divulgado pela Secretaria de Estado de Fazenda (SEF-MG)

  • Simulado da Prova do DETRAN

    Aproveite este simulado online da prova do DETRAN para testar os seus conhecimentos e estar melhor preparado. Este simulado do DETRAN é totalmente grátis!

    Clique no botão abaixo para iniciar o Simulado do Detran!

     

     

    Como Funciona o Simulado?

    Leia com atenção todas estas informações para que não haja dúvida na execução do simulado.

    Com certeza este simulado vai atender quem está se preparando para a prova em qualquer estado e qualquer Departamento de Trânsito, como por exemplo:

    • Minas Gerais (DETRAN MG)
    • São Paulo (DETRAN SP)
    • Rio de Janeiro (DETRAN RJ)
    • Paraná (DETRAN PR)
    • Bahia (DETRAN BA)
    • Espírito Santo (DETRAN ES)
    • Distrito Federal (DETRAN DF)
    • Ceará (DETRAN CE)
    • Rio Grande do Sul (DETRAN RS)
    • Pernambuco (DETRAN PE)
    • E demais estados…

    Questionário

    Este simulado DETRAN possui 30 questões e semelhante à prova oficial, é necessário responder corretamente a no mínimo 21 questões, que equivale a um aproveitamento de 70%.

    O questionário do simulado da prova do DETRAN é montado aleatoriamente ao iniciar e os temas abordados nas questões são:

    • Legislação de Trânsito
    • Primeiros Socorros
    • Mecânica Básica
    • Infrações de Trânsito
    • Meio Ambiente e Cidadania
    • Direção Defensiva
    • Sinalização

     

    Tempo

    Como no dia da prova do DETRAN, aqui no simulado também haverá um limite de tempo para resolução de todo o questionário. Este tempo é de 50 minutos e um contador regressivo é exibido no topo do questionário para lhe informar o tempo restante da prova.

    Resultado

    Ao final do simulado, você o resultado e as informações sobre a quantidade de acertos obtidos na prova.

    Gabarito

    Para melhor conferência e também melhor aprendizado, após concluir o questionário, você terá acesso ao gabarito. Poderá voltar na questão que desejar para saber qual é a resposta certa e onde você errou.

    Uma dica legal aqui é aproveitar imprimir o simulado após o término com as perguntas e respostas para estudar quando e onde quiser.

     

    Como o Simulado Pode Ajudar na Prova do DETRAN?

    Nosso foco ao disponibilizar este simulado é justamente ajudar você que está no processo para tirar a sua primeira habilitação ou até mesmo renovação da CNH. Portanto, este simulado foi elaborado com questões teóricas que normalmente são cobradas na prova de legislação do DETRAN.

    Uma dica importante pra você: aproveite que o simulado é online, totalmente gratuito. Saia da zona de conforto e faça este simulado da prova do DETRAN várias vezes para chegar no dia da prova oficial com bastante segurança.

    Ao clicar no botão para iniciar o simulado, as questões desta prova teórica serão rapidamente sorteadas, de maneira que toda vez que começar um novo simulado será diferente dos demais que você já respondeu. Vale informar também que o banco de questões estará sempre sendo atualizado.

     

    Mais Benefícios do Simulado DETRAN

    Claro que o objetivo é sempre a CNH (Carteira Nacional de Habilitação), seja para quem busca a tão sonhado primeira habilitação quanto que precisa fazer uma reciclagem, mas conhecer bem tudo que é ensinado nas aulas de legislação contribuir para que você evite cometer infrações e penalidades no trânsito o que por sua vez evita multas e acidentes.

  • in

    Consulta RENAVAM

    Consulta RENAVAM CRLV

    Saiba tudo sobre RENAVAM: O que é, para que serve e como consultar. Veja como o número RENAVAM pode ser útil no seu dia a dia.

    O RENAVAM (Registro Nacional de Veículos Automotores) é a “carteira de identidade” do seu carro. É por meio dele que você fica sabendo sobre a real situação do seu veículo, seu estado de conservação, modelo e ano, bem como consegue emitir segunda via de multas e ter acesso a valores do IPVA. Quer saber mais? Esclarecemos algumas dúvidas sobre o RENAVAM.

    Veja também:

    RENAVAM, o que é?

    O Registro Nacional de Veículos Automotores é um sistema nacional que tem como objetivo ter os registros de todos os veículos do país. O sistema é armazenado no Departamento Nacional de Trânsito de cada estado e, centralizado, no DENATRAN.

    Cada veículo possui um código único chamado de Código RENAVAM. O número é composto de oito dígitos mais um dígito verificador. Há alguns anos atrás, os os dois primeiros números identificavam o estado o veículo havia sido registrado pela primeira vez. Esta numeração vigorou de 00xxxxxx-x até 59xxxxxx-x. A partir do número 60000000-0, a numeração passou a ser nacional e única.

    Até começo deste ano, o número do código do RENAVAM possuía apenas nove números, sendo oito dígitos e mais um dígito verificador. A partir do mês de abril os códigos passaram a ter 11 dígitos. A alteração foi feita com o objetivo de ampliar a combinação de números e para não limitar e extinguir os novos registros.

    Este número é uma espécie de identidade do seu carro e é por meio dele que você consegue saber o histórico do seu carro, desde a sua fabricação até seu descarte.

    Consultar o RENAVAM

    Consulta RENAVAM CRLV

    O número do RENAVAM pode ser consultado no Certificado de Registro de Licenciamento de Veículo (CRLV), ou seja, no documento do carro. Para a consulta de RENAVAM, você precisa estar com o documento do veículo em mãos. O número fica no topo do documento. Lembre-se, apenas você e o DETRAN MG tem acesso a este número. Não há como consultar o RENAVAM de outro jeito além da numeração impressa na documentação do carro.

    Além de servir para identificar o veículo, com o número do RENAVAM você também pode consultar a situação atual do veículo, como pendências, multas, IPVA, licenciamento e seguro obrigatório, por exemplo. É possível também obter informações sobre um veículo em específico, como ano, cor, marca, potência, modelo e proprietário.

    Consultas com o número do RENAVAM

    Para fazer a consulta da situação do veículo acesse o site do Departamento Nacional de Trânsito de Minas Gerais – DETRAN MG. As consultas são gratuitas e para fazê-las, acesse o site do DETRAN MG e digite no campo indicado o número do RENAVAM e o placa do veículo.

    Consulta RENAVAM

    Com o RENAVAM em mãos é possível consultar Emissão de Extratos e Multas, Motivo de Não Licenciamento e outras consultas.

    O número de RENAVAM pode ser alterado?

    Não. O Código RENAVAM de um veículo é único e não pode ser alterado, configurando fraude, causo isso ocorra, em caso de furto ou roubo do carro, por exemplo.

    A partir do momento em que um carro recebe seu registro, o código RENAVAM é inserido no veículo e o acompanha daí em diante.

    Segunda via do RENAVAM

    Para solicitar a 2º via do RENAVAM do seu carro será necessário que você procure o DETRAN MG e faça a solicitação. Lembre-se, o processo é bem burocrático! Você precisará preencher formulários, fornecer dados pessoas e informar qual foi a circunstância que você perdeu o documento, como por exemplo, se foi roubado. Pode parecer bobagem, mas tudo isso é necessário para garantir a sua segurança e evitar fraudes.

  • in

    Saiba mais sobre DPVAT MG 2018

    DPVAT MG 2018

    O DPVAT tem como objetivo assegurar vítimas de trânsito em todo o território nacional. Para 2018, as datas de pagamento coincidem com os vencimentos do IPVA.

    DPVAT é o Seguro Obrigatório de Danos Pessoais Causados por Veículos Automotores de Vias Terrestres, ou por sua Carga, a pessoas transportadas ou não. Tem como objetivo amparar as vítimas de acidentes de trânsito em todo o território nacional, não importando de quem seja a culpa dos acidentes.

    Veja também:

    Indenizações do DPVAT

    O DPVAT é pago ao acidentado ou a seus familiares em casos de morte, invalidez permanente e para o pagamento de despesas médicas, desde que dano causado tenha sido em território nacional. Os valores da indenização por cobertura são os fixados na Lei 6.194/74, por meio da Lei 11.482, de 31/05/2007.

    30

    Em caso de morte e invalidez permanente, a família da vítima recebe R$13.500. O reembolso de Despesas Médicas é feito até R$2.700. Ressaltando que as indenizações por morte e invalidez permanente não são cumulativas.

    Vale lembrar que qualquer vítima de acidente envolvendo veículo, inclusive motoristas e passageiros, ou seus beneficiários, podem requerer a indenização do DPVAT, que é paga individualmente não importando o número de vítimas de um mesmo acidente.

    Prazos para Solicitar Indenização

    O prazo para solicitar o DPVAT é de três anos, a contar da data em que o acidente aconteceu. A solicitação também pode ser feita por meio de reembolso caso o acidentado queira solicitar a cobertura de despesas médicas.

    Solicitar a indenização do DPVAT é bem simples. Basta apresentar os documentos pessoais em um dos escritórios vinculados ao sistema DPVAT em todo o país. A documentação varia conforme o tipo de indenização pleiteada.

    Nos casos de reembolso médico-hospitalares, a vítima deve apresentar documentos como Boletim de Ocorrência Policial (original ou cópia autenticada);RG da vítima (ou CNH, Carteira de Trabalho, Certidão de Casamento ou de Nascimento) – cópia simples; CPF da vítima – cópia simples; Comprovante de residência ou declaração de residência; Boletim do primeiro atendimento médico hospitalar ou relatório do médico informando quais as lesões sofridas pela vítima e o tratamento realizado – cópia simples; Relatório do dentista (se for o caso) informando as lesões sofridas pela vítima, se o tratamento foi realizado em decorrência das lesões sofridas no acidente, bem como se os dentes eram naturais antes do acidente – cópia simples; comprovantes das despesas (recibos ou notas fiscais), contendo discriminação dos honorários médicos e despesas médicas (materiais e medicamentos) acompanhados das respectivas requisições e/ou receituários médicos – originais.

    Para quem deseja solicitar o seguro DPVAT por motivo de invalidez permanente, os documentos são: Boletim de Ocorrência Policial (original ou cópia autenticada); RG da vítima (ou CNH, Cart. Trabalho, Cert. Casamento ou Certidão de Nascimento) – cópia simples; CPF da vítima – cópia simples; Laudo do Instituto Médico Legal – IML da localidade em que ocorreu o acidente, informando a extensão das lesões físicas ou psíquicas da vítima e, ainda, o seu estado de invalidez permanente – original ou cópia autenticada; Declaração de Ausência de Laudo do IML; Boletim de atendimento hospitalar ou ambulatorial (BAM); Comprovante de residência ou declaração de residência; Autorização de pagamento

    Já para os casos de morte, a documentação que deverá ser apresentada dependerá o estado civil da vítima, se há dependentes, herdeiros, dentre outros.

    Pagamento do DPVAT

    O DPVAT é mais uma segurança para o motorista e seus passageiros, por isso, seu pagamento é obrigatório. Cinquenta por cento do valor é investido na garantia do pagamento de indenizações para o motorista, passageiros e pedestres em caso de acidente, os outros 50% são repassados ao governo federal para investimento em manutenção da saúde pública e na política nacional de trânsito.

    Quem não paga o seguro não é considerado devidamente licenciado para efeitos de fiscalização, estando sujeito às penalidades previstas na legislação. Além disso, as pessoas que não pagarem o DPVAT, sem prejuízo de outras sanções legais, terão que pagar o dobro do valor do prêmio como forma de punição.

    Emissão da Guia do DPVAT 2018 MG

    Para pagar o DPVAT 2018 clique aqui e acesse o site do Detran MG, retire a guia para pagamento. Você também pode retirar a guia para pagamento nos bancos credenciados: Banco do Brasil, Bancoob, BMB, Bradesco, Caixa/CEF, HSBC, Itaú, Santander ou Safra.

    Emissão DPVAT 2014 MG

    As datas de pagamento do DPVAT 2018 ainda não foram divulgadas, mas é bom ficar atento já que as datas e o pagamento do DPVAT 2018 só são liberados quando divulgam a tabela oficial do Conselho Nacional de Seguros Privados (CNSP) com os valores do prêmio do seguro obrigatório para o exercício de 2018.

    O modo de pagamento do DPVAT MG pode se dividir em dois grupos. No primeiro, veículos usados – renovação, em que estão as motos, ônibus, micro-ônibus e vans, que podem efetuar o pagamento a vista ou em parcelas; e os demais veículos que só podem fazer o pagamento a vista. A segunda categoria é aquela que contempla os veículos 0km – 1º licenciamento, em que o pagamento deve ser feito nas agências bancárias credenciadas, a vista.

    Vale lembrar que a cobertura do DPVAT refere-se ao ano em que a taxa foi paga, por isso, o melhor é pagar o seguro já em janeiro, junto com junto com o Imposto sobre a Propriedade de Veículos Automotores (IPVA), assim, você fica segurado o ano inteiro.

    Categorias do DPVAT

    O DPVAT é dividido em sete categorias, que contemplam todos os tipos de veículos. O valor relativo ao seguro varia a cada categoria, bem como a forma de pagamento.

    Categoria 1 – Automóveis particulares;

    Categoria 2 – Táxis e carros de aluguel;

    Categoria 3 – Ônibus, microônibus e lotação com cobrança de frete (urbanos, interurbanos, rurais e interestaduais);

    Categoria 4 – Microônibus com cobrança de frete mas com lotação não superior a 10 passageiros e Ônibus, microônibus e lotações sem cobrança de frete (Urbanos, Interurbanos, Rurais e Interestaduais);

    Categoria 9 – Motocicletas, motonetas, ciclomotores e similares; e

    Categoria 10 – Máquinas de terraplanagem e equipamentos móveis em geral, quando licenciados, camionetas tipo “pick-up” de até 1.500 Kg de carga, caminhões e outros veículos.

  • in

    Licenciamento de Veículos 2018

    Licenciamento 2018 MG

    O Licenciamento é o documento que certifica que seu veículo está em dia com suas taxas. Pagamento deve ser feito junto com o DPVAT.

    O Certificado de Registro e Licenciamento de veículos (CRLV) é um documento de registro e identificação do veículo que tem seu porte obrigatório pelo condutor. Este documento deve ser renovado anualmente por todos os proprietários de veículos automotores. Isso é feito para que o veículo esteja em condições legais de circulação.

    Veja também:

    Licenciamento 2018 MG

    Valor da Taxa de Licenciamento (TRLAV)

    O Licenciamento é realizado automaticamente, sempre que o condutor quita todas as suas obrigações anuais. Isso significa estar com o seguro obrigatório e multas pagas, por exemplo. O valor da taxa de licenciamento – TRLAV é divulgado sempre no início de cada ano, mas o valor gira em torno dos R$70, sendo bastante acessível. Os pagamentos são feitos de acordo com os finais das placas dos veículos.

    Desta forma, carros e motos com finais 1, 2, 3, 4, 5, 6, 7, 8, 9 e 0 devem pagar a taxa de licenciamento nos meses de abril, maio, junho, julho, agosto, setembro, outubro, novembro e dezembro, respectivamente. Os caminhões com placas de finais 1 e 2, tem vencimento em setembro, com finais 3, 4 e 5 em outubro, 6, 7 e 8 em novembro e finais 9 e 0 em dezembro.

    O pagamento da taxa de licenciamento deve ser feito em qualquer rede credenciada como os bancos Itaú, Bradesco, Banco do Brasil, Mercantil do Brasil, Bancoob, Caixa Econômica Federal e nas casas Lotéricas. No momento do pagamento da taxa de licenciamento você deve apresentar também o documento do carro e os comprovantes de que está em dia com IPVA e do DPVAT.

    Vale lembrar que, assim como o vencimento do IPVA e do DPVAT, a taxa de licenciamento tem prazo para ser paga, conforme datas estipuladas pela Secretaria de Estado da Fazenda (SEF). O valor é válido para regularizar o veículo durante o ano corrente. Depois de efetuado o pagamento, o CRLV é enviado, via Correios, para o endereço que consta o registro do veículo.

    O não pagamento da taxa de licenciamento acarreta consequências graves como a apreensão do veículo, multa e sete pontos na carteira. Por isso é essencial o pagamento da taxa na data estabelecida. Lembre-se que, para ter o CRLV também é preciso estar com as multas quitadas. Se o modelo do seu carro é antigo, também será necessário estar em dia com a Inspeção Ambiental, não ter restrições judiciais e ainda que o cadastro de seu endereço atual seja o mesmo do veículo para ter o documento.

    Para começar o ano sem dívidas

    A melhor forma de começar o ano com o pé direito é ficar atento as datas de pagamentos dos impostos dos veículos para não ter que pagar juros por atraso. Além disso, vale pensar sobre se é mais vantajoso pagar os impostos a vista ou parcelado.

    Uma dica dada pelos especialistas é reservar o 13º salário para o pagamento destas taxas do início do próximo ano, bem como negociar tudo o que puder. Afinal de contas, com dinheiro na mão, o poder de barganha é muito maior. Mas em casos em que o parcelamento é a opção, faça prestações das quais consiga pagar e que este valor não comprometa seu orçamento. As vezes, é melhor pagar por mais tempo valores menores do que ficar sufocado por pouco tempo, mas com dívidas com valor muito extenso.

    No caso do IPVA 2018, por exemplo, que pode ser pago parcelado, o condutor deve verificar se o desconto é maior ou menor do que o rendimento da poupança, caso o dinheiro estivesse aplicado. Se o desconto for maior do que o rendimento, é melhor pagar à vista. Se for menor, é melhor pagar parcelado. Isso significa que, nos estados em que o desconto para pagamento à vista é de R$3% ou menos, como é o caso de Minas Gerais, vale parcelar o IPVA, já que o rendimento da poupança chega a 1%.

    Nos estados em que o desconto é de 5% ou mais, é mais vantajoso pagar a vista, já que é bem difícil encontrar uma rentabilidade de poupança com este valor.

    Em Minas Gerais, a primeira parcela do IPVA 2018 vence no dia 15 de janeiro, referente aos veículos com placas de final 1. Os pagamentos do IPVA 2018 das placas de final 2 serão feitos no dia 16. A escala acaba com o número 0, no dia 28 do mesmo mês.

    Já o seguro DPVAT e o licenciamento devem ser pagos juntos, de acordo com as terminações das placas dos veículos. Lembrando que, para que o Certificado de Registro e Licenciamento de Veículo (CRLV) seja emitido, as três taxas devem estar quitadas.

  • in

    Consulta de Pontos da CNH – DETRAN MG

    consulta pontos da cnh

    Consulta de pontos na Carteira Nacional de Habilitação no Site do DETRAN MG.

    Você avançou o semáforo, acelerou em cima do radar ou até mesmo parou em local proibido. Além da multa, você terá alguns pontos na carteira. Para consultar a pontuação de sua CNH você tem basta acessar o site do DETRAN MG na internet e fazer a consulta tendo em mãos sua carteira de habilitação, já que será preciso digitar informações como: Número da CNH, Data de Nascimento e Data da Primeira Habilitação.

    Você pode se interessar também por:

    Consultar Pontuação da CNH

    É importante ressaltar que não será cobrado nenhum valor pela consulta de pontos na carteira, ela é inteiramente grátis, basta acessar o site do DETRAN MG e iniciar sua pesquisa.

    Clique aqui para acessar a tela de Consulta Pontuação.

    consulta pontos da cnh
    Tela onde deverão ser informados os dados da CNH para consultar a pontuação

    Pontuação de cada Infração

    Cada infração possui uma quantidade de pontos respectiva. Infrações gravíssimas, por exemplo, somam sete pontos na carteira habilitação; infrações graves, cinco pontos; infrações médias, quatro pontos e, infrações leves somam três pontos. Para algumas infrações, em razão da sua gravidade e consequências, a multa poderá ser multiplicada em até cinco vezes.

    De acordo o Código Nacional de Trânsito, o condutor que somar 20 pontos na carteira de habilitação em um ano terá sua habilitação suspensa por um período que varia de um mês a um ano. No caso de reincidência na penalidade de suspensão no período de um ano, o condutor pode perder seu direito de dirigir por até dois anos.

    O documento será devolvido mediante ao cumprimento da penalidade e depois do condutor ter passado por um curso de reciclagem.

  • in

    Datas de Vencimento: IPVA, Licenciamento e DPVAT 2018 em MG

    Datas de Vencimento IPVA, DPVAT, Licenciamento

    A primeira parcela vence já no dia 15 para carros com final 1. O não-pagamento do IPVA nos prazos estabelecidos gera multa de 0,3% ao dia. O pagamento do DPVAT deve ser efetuado junto com a parcela única ou a primeira parcela do IPVA

    Começo de ano é sempre a mesma coisa: muitas contas para pagar! Para não começar o ano no vermelho é preciso se organizar, mais que isso, para evitar o pagamento de juros extras por ter perdido a data de pagamento é preciso colocar no calendário os vencimentos das contas para que você pague no dia certo.

    O IPVA 2018 MG, por exemplo, tem sua primeira parcela vencendo já no próximo dia 15, para os carros com finais 1. Há possibilidade também de parcelamento em três vezes, com vencimentos nos meses de janeiro, fevereiro e março. Mas mesmo antes desta data, você já pode quitar o imposto à vista. Quem decidir antecipar o pagamento terá 3% de desconto.

    Datas de Vencimento IPVA, DPVAT, Licenciamento

    Para consultar o valor do IPVA basta acessar o site da Secretaria de Estado da Fazenda (www.fazenda.mg.gov.br) e inserir o número do Renavam no local indicado. A consulta também pode ser feita marca e modelo do carro pelo telefone 155. Porém, a emissão da guia para pagamento do IPVA 2018 só pode ser feita pelo site da SEF, nas repartições Fazendárias e Unidades de Atendimento Integrado (UAI), onde serão acrescidas da Taxa de Expediente.

    Neste ano há uma novidade no sistema de consultas do IPVA: um aplicativo gratuito para smartphones e tablets, está disponível, para sistemas Android e permite a consulta do valor do IPVA, da taxa de licenciamento e outras informações relacionadas ao registro de veículos automotores. Para ter acesso, basta baixar o aplicativo IPVA MG.

    Veja aqui mais informações sobre IPVA 2018

    O pagamento deve ser feito nos bancos do Brasil, Mais BB, Banco Postal, Bradesco, Itaú, Bancoob, Mercantil do Brasil, HSBC, Caixa Econômica Federal, casas lotéricas e Santander. O não-pagamento do IPVA nos prazos estabelecidos gera multa de 0,3% ao dia (até o 30º dia), multa de 20% após o 30º dia e juros (Selic) calculados sobre o valor do imposto ou das parcelas.

    Datas de Vencimento do IPVA

    O IPVA de veículos movidos exclusivamente a álcool tem um desconto de 30% em relação ao mesmo veículo movido a gasolina. Em ambos os casos, o imposto pode ser quitado em cota única ou em três parcelas iguais e consecutivas em janeiro/fevereiro/março. O prazo para pagamento à vista com desconto de 3% ou da primeira parcela é de 15 a 28 de janeiro.

    Veja a escala de vencimentos:

     

     

    Placas de final

    1ª parcela ou cota única

    2ª parcela

    3ª parcela

    1 e 2

    10/01/2018

    15/02/2018

    15/03/2018

    3 e 4

    11/01/2018

    16/02/2018

    16/03/2018

    5 e 6

    12/01/2018

    19/02/2018

    19/03/2018

    7 e 8

    15/01/2018

    20/02/2018

    20/03/2018

    9 e 0

    16/01/2018

    21/02/2018

    21/03/2018

    Data de Pagamento da Taxa de Renovação do Licenciamento

    Também deve ser pago neste início de ano a Taxa de Renovação do Licenciamento Anual de Veículo (TRLAV), em cota única no valor de R$75,19. O vencimento se dá no dia 31 de março, mas também já pode ser quitada antecipadamente.

    Veja mais sobre Licenciamento 2018 aqui: Licenciamento de Veículos 2018

    Datas do Pagamento do DPVAT

    O pagamento do DPVAT deve ser efetuado junto com a parcela única ou a primeira parcela do IPVA. Para pagar o DPVAT 2018 acesse o site do Detran MG e retire a guia para pagamento. Você também pode retirar a guia para pagamento nos bancos credenciados: Banco do Brasil, Bancoob, BMB, Bradesco, Caixa/CEF, HSBC, Itaú, Santander ou Safra.

    O Seguro de Danos Pessoais Causados por Veículos Automotores de Via Terrestre (DPVAT) é pago ao acidentado ou a seus familiares em casos de morte, invalidez permanente e para o pagamento de despesas médicas, desde que dano causado tenha sido em território nacional.

    Veja mais sobre DPVAT: Saiba mais Sobre DPVAT MG 2018

    O DPVAT é mais uma segurança para o motorista e seus passageiros, por isso, seu pagamento é obrigatório. Quem não paga o seguro não é considerado devidamente licenciado para efeitos de fiscalização, estando sujeito às penalidades previstas na legislação.

    O Seguro de Danos Pessoais Causados por Veículos Automotores de Via Terrestre (DPVAT) para 2018 não teve reajuste nos valores. Desta forma, os mesmos valores praticados neste ano, também valem para 2018.

    • Automóveis e camionetas particulares / oficial, missão diplomática, corpo consular e órgão internacional – categoria 1 : 105,65
    • Táxis, carros de aluguel e aprendizagem – categoria 2: valor R$ 105,65
    • Ônibus, micro-ônibus e lotação com cobrança de frete (urbanos, interurbanos, rurais e interestaduais) – categoria 3: valor R$ 396,49
    • Micro-ônibus com cobrança de frete, mas com lotação não superior a 10 passageiros e Ônibus, micro-ônibus e lotações sem cobrança de frete (urbanos, interurbanos, rurais e interestaduais) – categoria 4: valor R$ 247,42
    • Motocicletas, Motonetas, Ciclomotores e similares – categoria 9: valor R$ 292,01
    • Caminhões, caminhonetes tipo “pick-up” de até 1,5 KG de carga, máquinas de terraplanagem e equipamentos móveis em geral (quando licenciados) e outros veículos – categoria 10: valor R$ 110,38
  • in

    DETRAN MG – Telefone de Atendimento

    Telefone do DETRAN MG

    Veja as opções disponíveis para fazer contato no atendimento do DETRAN MG e obter todas as informações que você precisa

    155 – Número do telefone para ligações no Estado (31) 3303-7995 – Número do telefone para quem está fora do Estado

    Precisa tirar dúvidas no DETRAN MG? Seja qual for sua necessidade: exames, emplacamentos, resultado de prova, exames especiais, situação de veículo, auto escola, consultas e etc., utilize um dos canais do DETRAN para resolver o seu problema.

    Telefone do DETRAN MG

    Disque 155 – Dentro do Estado de Minas Gerais

    Para quem quer falar no atendimento do DETRAN MG e vai ligar de dentro do Estado de Minas Gerais, utilize o número 155 a através de qualquer telefone fixo (em alguns casos até mesmo ligação de celular funciona).

    Você pode ligar para o número 155 estando em: BH, Contagem, Uberlândia, João Pinheiro, Uberaba, Betim, Montes Claros, Pouso Alegre, Barbacena Juiz de Fora, Governador Valadares, Ipatinga, Itabira, Itajubá, Janaúba, Lavras, Sete Lagoas, Ouro Preto, Santa Luzia, Sabará, Viçosa, Varginha, Ubá, Unaí e qualquer outra cidade de MG.

    Esse número de contato é como se fosse um telefone 0800 e você pode ligar a qualquer dia da semana.

    Disque (31) 3303-7995 – Fora do Estado de Minas Gerais

    A outra opção para falar no atendimento é o número (31) 3303-7995 que serve para quem está fora do Estado de Minas Gerais e precisa esclarecer dúvidas no DETRAN MG. Igualmente, o atendimento é irrestrito e o contato pode ser feito em qualquer dia da semana.

    Disque 0800 0200 155 – Para Deficiente Auditivo e de Voz

    Pensando em atender ao máximo toda a população, o DETRAN disponibiliza também este número 0800 exclusivo para auxiliar as pessoas que possuem alguma dificuldade ou deficiência auditiva ou da voz. Esta ligação deve ser feita apenas de telefones fixos. Os dias e horários de atendimentos seguem o mesmo padrão especificado a seguir.

    Dias e Horários de Atendimento do DETRAN MG

    Apesar de poder utilizar estes canais do DETRAN no dia que quiser, os horários do atendimento variam, sendo que no final de semana vai até às 15:00. Confira abaixo os horários de expediente:

    De 07:00 às 19:00 horas de segunda a sexta-feira. De 08:00 às 15:00 horas de sábado a domingo.

    Telefone da Ouvidoria do DETRAN MG

    Caso necessite fazer uma reclamação, crítica, sugestão, denúncia e até mesmo elogio, o telefone da ouvidoria é 162. Este número é da Ouvidoria Geral do Governo de Minas Gerais e caso prefira, pode deixar o seu registro também através do site: www.ouvidoriageral.mg.gov.br

  • in

    Resultado da Prova de Legislação do DETRAN MG

    Resultado da Prova de Legislação

    Se você já fez a prova de legislação do DETRAN MG, veja aqui como saber o seu resultado.

    Depois de fazer todas as aulas obrigatórias, fazer os simulados, chega o momento de passar pela prova de legislação do DETRAN MG. Os candidatos precisam se dedicar muito e além de prestar atenção em cada aula de legislação, é necessário ainda estudar as apostilas, entender o significado das placas de trânsito, aprender sobre direção defensiva, saber sobre como se portar em situações de emergência e etc.

    A dedicação aos estudos preparatórios para a prova de legislação ajudam em muito ao aluno, pois ele estará preparado para qualquer tipo de questão que for cobrada no dia da prova e isso lhe trará mais tranquilidade, visto que muitos candidatos ficam extremamente nervosos e preocupados no dia do exame.

    Então uma coisa é certa; quem se aplica em estudar bem todo o conteúdo que pode cair na prova e absorve os conhecimentos passados nas aulas de legislação, vai conseguir um bom resultado no dia do exame de legislação; ou seja, será aprovado.

    Você pode se interessar também por:

    Consultar Resultado da Prova de Legislação

    Feita a prova, agora é esperar pelo resultado. O ideal é que no dia do seu exame, você se informe a partir de quando o resultado da prova de legislação estará disponível.

    Pode ser que alguns minutos depois da prova, você já consiga obter o seu resultado no próprio local do exame. Por isso é necessário confirmar com a organização no local se vale a pena ficar esperando para saber se você passou ou não.

    Resultado no Site do DETRAN MG

    De qualquer maneira, algum tempo depois de se submeter ao exame, a sua pontuação estará acessível pelo próprio site do DETRAN MG.

    Caso queira efetuar sua consulta clique aqui.

    Você será direcionado para o formulário abaixo, onde deverá informar o seu CPF e sua Data de Nascimento para obter acesso ao resultado da sua prova de legislação:

    Resultado da Prova de Legislação
    Tela de Consultar Resulta Exame Legislação do site DETRAN MG

    Dúvidas sobre o Resultado do Exame de Legislação

    Caso ainda tenha alguma dúvida sobre a consulta do seu resultado da prova de legislação, por favor, deixe um comentário…

Load More
Congratulations. You've reached the end of the internet.