Airbags e Freios ABS são Obrigatórios nos Carros Novos

Sistemas de segurança não podem ser cobrados como opcionais mas, com eles, os carros populares subirão de preço. Saiba mais sobre estes sistemas e fique seguro.

O ano começou cheio de novidades no quesito segurança automotiva. A partir de agora, todos os carros novos terão que sair de fábrica com airbags e freios ABS, porém, continua permitida a circulação de carros de outros anos que não possuam os equipamentos.

Veja também:

A norma prevê que os carros novos saiam da fábrica já com airbag duplo frontal (um para o motorista e outro para o ocupante do banco da frente) e o sistema de freios ABS, que evita com que as rodas travem em freadas mais bruscas.

Airbag e Freio ABS Obrigatório

Em uma situação de emergência, a tendência é que o motorista pise no freio fazendo com que as rodas fiquem bloqueadas, o que implica na perda de aderência do pneu com o solo. Com freio ABS, o motorista é capaz de frear e desviar de um obstáculo, ao mesmo tempo, sem perder o controle do veículo. O sistema atua para que as rodas não fiquem bloqueadas.

Vale ressaltar que estes itens não poderão mais ser vendidos como opcionais, exceto para os airbags que podem ser vendidos como acessórios desde que para outras partes do carro, como para cortina ou para os joelhos, por exemplo.

Ainda segundo a norma do Conselho Nacional de Trânsito (Contran) todos os carros que não tem possibilidade de receber airbag e o ABS ou cujo preço mudaria muito com a inclusão desses itens, deverão ser retirados do mercado. É o caso, por exemplo da Kombi e do Gol G4, da Volkswagen, e do Fiat Mille, antigo Uno. Aliás, o Gol G4 deverá ser substituído pelo Up!, a ser lançado ainda neste semestre.

Para o ministro das Cidades, Aguinaldo Ribeiro, a resolução 311 e 312 do Contran torna os carros mais seguros. “Já perdemos muitas vidas no trânsito. Estes equipamentos efetivamente têm contribuído para diminuir as vítimas de acidentes”, disse, em entrevista coletiva dada recentemente.

Devido a obrigatoriedade da inclusão de airbags e freios ABS nos carros, o ministro da Fazenda, Guido Mantega, afirmou que o preço dos carros populares deverá subir entre 4% e 8%, como repasse dos custos da inclusão dos equipamentos. Além do airbag e do ABS, o preço dos carros também deverá subir com o aumento do Imposto sobre Produtos Industrializados (IPI).

Desde 2009 o Contran previa a medida como forma de dar mais segurança aos motoristas. Desde 2010, o percentual de carros novos que deveriam ter esses itens aumentou gradualmente até chegar aos 100% neste ano.

Cuidados com o Airbag Frontal

  • O uso do airbag não dispensa o uso do cinto de segurança, que é obrigatório. Aliás, o uso do cinto tanto pelo motorista quanto pelo carona é determinante para que o airbag funcione de forma eficiente.
  • Também vale dizer que o airbag não é projetado para acionar em qualquer tipo de colisão. Ou seja, depende de quanto o carro desacelera no impacto, e não da deformação que o carro sofre.
  • Quando dirigir um carro com airbag, evite portar objetos que possam cortar ou perfurar, nos bolsos da camisa, jaqueta ou calça, isso porque em uma eventual colisão, o choque da bolsa de ar contra o corpo, pode provocar sérios ferimentos. Também não é recomendável dirigir muito perto do volante, nem se deve colocar os pés em cima do painel. O ideal é que o condutor esteja a uma distância de aproximadamente 25 cm do volante e o passageiro, a 45 cm, no mínimo.
  • Outra medida de segurança para o bom funcionamento do airbag é seguir a legislação que diz que somente podem sentar no banco de frente crianças com mais de 10 anos.
  • O airbag é indicado por um símbolo no meio do volante e no painel, do lado do carona. Em alguns carros é possível desativar o airbag do carona, quando o motorista estiver sozinho.
  • O airbag não evita a ocorrência de acidentes, e sim, a possível lesão sofrida por motorista, que pode ser reduzida quando o airbag é acionado.

Você sabia?

O airbag não é novidade para a indústria automotiva brasileira. O primeiro carro nacional equipado com airbag foi o Fiat Tipo 1.6 mpi, em 1980, dias após o sistema ter sido mostrado ao mundo no Mercedes Classe S.

Em 1996, o airbag fez com que os carros nacionais ganhassem status de veículos importados, ao aparecer no Vectra que lançou o item de segurança juntamente com um sistema de cinto de segurança pré-tensionado, que eliminava a folga entre o cinto e o corpo. O sistema, até então, era inédito nos carros brasileiros.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

cinco × cinco =

Primeira Habilitação em MG

Primeira Habilitação em Minas está 10% mais Cara

Seguro de Carro Zero

Dicas para Fazer Seguro do Carro Zero