Dicas de Trânsito para Motociclistas

Que o trânsito é perigo muita gente sabe. É perigoso para quem anda a pé, para quem dirige um veículo e, mais ainda, para quem pilota uma moto

Aliás, segundo um estudo feito em parceria entre o DETRAN MG e a BHTrans, trafegar em algumas avenidas da capital mineira, como a Av. Cristiano Machado, é até 60% mais perigoso, do que em uma estrada. Isso acontece porque, na maioria dos casos, os motociclistas, especialmente, não respeitam as leis de trânsito.

O que a pesquisa do DETRAN MG e BHtrans revelou, ainda, é que o excesso de velocidade é o principal fator para os acidentes que envolvem motociclistas. Ultrapassagens de risco e andar em zigue-zague são outros fatores apontados como causadores de acidentes.

Dicas para Motociclistas

Veja também:

Então, para evitar que você, motociclista, seja vítima de acidentes, que tal conhecer algumas formas de evitá-los? Confira.

Não Freie Bruscamente

Freiar bruscamente pode desequilibrar a moto, já que o peso é colocado totalmente na parte da frente da moto. A dica vale principalmente para freadas nas curvas. O ideal é tentar reduzir a velocidade quando avistar uma curva e fazer os movimentos de forma suave.

Seja Visto

Quando estiver perto de um carro, ônibus e caminhão procure não fica r posicionado nos pontos cegos dos veículos. Os pontos cegos variam de veículo para veículo mas, de forma geral ficam nas laterais e atrás dos veículos. O ideal é manter uma distância razoável do veículo à frente e não pilotar muito próximo das laterais dos carros.

Escolha uma Faixa

Andar nos corredores não é proibido, mas é perigoso. Ao pilotar em vias de trânsito rápido, principalmente, ande nas faixas ao invés de andar nos corredores. Isto faz com que você seja visto e evita acidentes. Além disso, lembre-se que as ultrapassagens devem ser feitas pela esquerda.

Atenção nos Cruzamentos

Mesmo quando a preferência é sua é preciso ter muita atenção. Isso porque pode aparecer um outro veículo e a vítima será você. Por isso, redobre a atenção em vias com cruzamentos. Uma boa dica é usar a buzina a seu favor, para alertar aos demais motoristas que você está próximo.

Moto Também tem Retrovisor

E você deve usá-lo, já que ele pode salvar sua vida em situações de perigo. Os motoristas se esquecem que ele existe, principalmente, ao fazer conversões e ultrapassagens. Um erro! O retrovisor deve ser um aliado. Lembre-se dele também ao frear.

Entenda por quais “terras” você Pilota

Saber interpretar e entender o pavimento por onde você pilota ajuda a evitar acidentes. Isso significa saber pilotar a moto em diferentes pavimentos: Asfalto, concreto, calçamento, bloquete, paralelepípedos e pedras. E mais que isso, saber agir nas mudanças repentinas de pavimentação. De um asfalto lisinho pode surgir um buraco, ou uma pista de pedra É só ficar atento.

Atenção Redobrada na Pista Molhada

Para evitar acidentes em pistas molhadas a dica é ser prudente. Ou seja, seja suave nos comandos. Além de ser muito mais seguro, dá mais aderência para a moto, evitando quedas.

Não Quebre as Regras

Andar de moto é legal. Inspira a liberdade, mas não é por conta disso que você irá desrespeitar as leis de trânsito. Por isso, ande na velocidade permitida da via; respeite a sinalização semafórica e pilote com atenção. Isso garante a sua segurança, a de quem anda com você e a dos demais motoristas e pedestres.

Atenção às Caronas

Só aceite levar um garupeiro se você tiver muito controle da moto. Isso porque uma pessoa a mais na moto pode alterar o equilíbrio, ainda mais se tal companhia não souber andar de moto. Se for dar carona para alguém que não anda de moto, instrua a pessoa que quem faz os movimentos é você. Ela só precisa acompanhar seu ritmo.

Conheça a Moto que Você Piloto

Isso mesmo. Nem todas as motos são iguais. Algumas são mais potentes, outras são mais pacatas. É importante conhecer a moto que você pilota para que você saiba como ela se comporta em cada situação e, mais que isso, o que você deve fazer em cada um destes momentos.

Uma boa dica é, ao comprar sua moto, vá para um lugar tranquilo e ensaie frenagens em diferentes velocidades, verificando como ela se porta em cada uma delas. Faça o mesmo com mudanças de direção, redução de marchas e todos os movimentos necessários. Além de entender como a moto funciona, você adquire segurança para encarar qualquer situação.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

17 + 2 =

Como Tirar CNH Especial

Como Tirar Carteira de Habilitação Especial

Sinal Amarelo - Parar ou Acelerar

Sinal Marelo: Parar ou Acelerar?