Dicas para Cuidar do Seu Carro

Não basta ser apenas um bom motorista, é preciso cuidar do que te leva para todos os lugares

Para muitos o carro é mais um membro muito importante da família. Para outros, apenas uma forma de locomoção. Não importa muito o que seu carro é para você, o fato é que, como quase tudo que você possui, ele também precisa de cuidados.

Vale lembrar que muito além da estética, manter um carro aparentemente perfeito é questão de segurança para você e para sua família. Carro bem cuidado também significa carro seguro!

Veja também:

Entre mitos, verdades há algumas dicas que, de fato, podem contribuir para a conservação do seu carro e para evitar gastos desnecessários.

Dica para Cuidar do Seu Carro

Cuidados que Seu Carro Precisa

Atenção ao óleo do motor

O óleo do motor é responsável por limpar, refrigerar e lubrificar o motor do carro. Por isso, tenha muita atenção aos indicadores de que está na hora de trocá-lo. Geralmente, há adesivos colados no para-brisa com a data em que o óleo deve ser trocado. Ainda assim, o melhor é checar o manual do carro e ler bem a especificação. A dica é recorrer a uma autorizada para realizar a troca do óleo.

Saiba a calibragem certa dos pneus

Você sabia que andar com os pneus com a calibragem certa, ajuda significativamente a economizar combustível? E mais que isso, impede o superaquecimento e o desgaste precoce dos pneus. Se você não sabe a calibragem correta dos pneus do seu carro, dê uma olhada no manual. A informação também está gravada na porta do carro e na lateral de cada pneu, variando conforme o modelo e o peso que o veículo carrega.

Faça o alinhamento e balanceamento na hora certa

Você deve alinhar e balancear seu carro a cada 10 mil quilômetros rodados ou após a troca dos pneus. Fazer este procedimento no tempo certo faz com que você ande mais seguro. Pneus que cantam em baixa velocidade, direção imprecisa e vibrações fortes no volante são indícios de que está na hora de alinhar e balancear seu carro.

Só use peças originais

Ao trocar as peças do carro opte, sempre, pelos modelos originais. Usar peças genéricas podem trazer problemas mecânicos para o veículo, além da possível perda de garantia.

Evite o desgaste do motor

Para isso, fique atento ao conta-giros. Dirigir com conta-giros muito alto, ou seja, ultrapassando a linha vermelha, ou muito baixo, como 40 km/h em quarta ou quinta marcha, pode causar desgaste prematuro ou até mesmo a quebra do motor.

Não deixe o carro ferver

Todo carro avisa quando está muito quente. Se o termômetro do seu carro acusar superaquecimento, o ideal é parar o veículo em local seguro, abrir a tampa do capô e esperar o carro esfriar. Em seguida, verifique o recipiente de água, pode ser que o reservatório esteja com nível muito baixo.

Cuidado ao fazer este procedimento, pois o reservátório contém água com vapor em alta pressão que, quando jorradas, podem causar queimaduras graves. Lembre-se que também é importante verificar o sistema de arrefecimento, que deve ser mantido com um aditivo específico para conservar as peças. Você deve trocá-lo a cada 10 mil quilômetros, sempre na concessionária.

Mantenha o carro limpo

Limpeza não é apenas uma questão estética, é questão de saúde! Carro sujo contém bactérias, fungos e ácaros que são prejudiciais ao corpo humano. Se você deixa o carro sujo por fora, a pintura fica comprometida e muito manchada.

Tire o pé da embreagem

Dirigir com o pé na embreagem compromete esta parte do veículo, fazendo com que ela desgaste ou quebre precocemente.

Tire a mão da marcha

Pode parecer inofensivo, mas dirigir com a mão na marcha causa uma pressão, ainda que pequena, no seletor. Com o tempo, a marcha começa a apresentar barulhos. Lembre-se que, assim como a embreagem, o câmbio tem seu uso restrito a as trocas de marchas.

Fique de olho nos cintos de segurança

Os cintos de segurança, por serem acessórios obrigatórios tanto para quem anda atrás quanto para quem anda na frente, por isso, mantenha-os sempre conservados. Veja sempre se os engates e os pontos de fixação da peça estão bem presos. As as tiras devem estar costuradas e sem folgas.

Também é importante ficar atento aos mecanismos que devem ser constantemente lubrificados. A manutenção e conservação dos cintos de segurança também inclui uma limpeza regular, que pode ser feita com pano úmido e detergente neutro.

Escapamento intacto

O escapamento é um dos acessórios do carro que mais sofre com o desgaste do tempo e dos resíduos corrosivos de combustível e óleo. Por isso, é fundamental que você troque esta peça do carro sempre que ela apresentar rachaduras e buracos. Escapamento que não funciona adequadamente prejudica o meio ambiente, já que não filtra os gases queimados na combustão, além de deixar o carro muito “barulhento”.

One Comment

Leave a Reply

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

sete + 8 =

Transportar Crianças

Como Transportar Crianças em Veículo

Saiba Onde Estão os Pontos Cegos

Saiba Onde Estão os Pontos Cegos do Veículo