DPVAT 2021 MG: Saiba tudo sobre o seguro obrigatório

Sendo um seguro obrigatório, o DPVAT 2021 MG não será mais taxado da população neste ano. Isso, segundo uma decisão tomada pelo governo, porque o recurso tem caixa suficiente para operar sem cobranças neste ano.

Ainda que seja um alívio, muitos motoristas novos sequer entendem do que se trata este seguro, como ele funciona e por que o mesmo é tão importante, podendo, até mesmo, negligenciá-lo.

Por isso, neste artigo, apresentaremos algumas informações para que você entenda melhor o que é o DPVAT como um todo, o que dá toda sua importância e se o mesmo se manterá gratuito para os motoristas.

Aproveite e boa leitura!

O que é DPVAT?

Nomeado como Danos Pessoais por Veículos Automotores Terrestres, o termo DPVAT refere-se ao seguro obrigatório que todo motorista, seja de carro ou moto, deve arcar anualmente, junto à primeira parcela do IPVA.

Caso seu veículo seja isento do Imposto sobre a Propriedade de Veículos Automotores, o DPVAT é pago junto com o licenciamento anual do automóvel ou ainda com o serviço de emplacamento.

Quando foi criado o Seguro DPVAT?

Tendo sido criado em 1974, com a finalidade de indenizar vítimas que sofrem acidentes de trânsito, independentemente de quem for o causador do mesmo. Hoje, sendo gerenciado pela Seguradora Líder, responsável por toda e qualquer indenização às vítimas, ela opera desde 2008 na integração de outras seguradoras consorciadas para que possa garantir atendimento a qualquer um que precise de seus serviços, incluindo outros auxílios à sociedade.

O que o Seguro DPVAT cobre?

Esse seguro de trânsito cobre diversas despesas suplementares e médicas daqueles que necessitam do serviço. Os casos de cobertura são:

  • Invalidez permanente da vítima;
  • Acidentes que levam a morte;
  • Acidentes causados por qualquer automóvel em vias terrestres brasileiras;

Vale ressaltar que o seguro DPVAT não irá cobrir fianças ou multas impostas aos condutores, danos pessoas que não tenham sido causados por um veículo em via terrestre ou por sua carga, acidentes sem vítimas ou que ocorram fora de território brasileiro ou que envolvam veículos estrangeiros em circulação no país.

Como é feita a arrecadação do DPVAT

Todo o valor de arrecadação do DPVAT é realizado pelo Governo Federal. Com o valor pago anualmente, 45% do mesmo é destinado ao Ministério da saúde, para custear atendimento médico-hospitalar das vítimas, 5 % para o Ministério das cidades, para programas de prevenção de acidentes e 50% para reservas de indenização.

A importância do seguro DPVAT

Segundo uma pesquisa realizada pelo Ibope, o seguro DPVAT é de extrema importância para a população, onde 90% da mesma afirma que este benefício não é apenas útil, mas garante a integridade e segurança das pessoas.

Sendo um seguro de trânsito obrigatório e de caráter social, o DPVAT já amparou mais de 4,5 milhões de vítimas e beneficiários de acidentes nas ruas, estradas e rodovias do país inteiro, isso tudo apenas nos últimos 10 anos. 

Além disso, destinou mais de R$ 33 bilhões ao Sistema único de Saúde para o atendimento das vítimas.

Quando perguntados pelo Ibope, 53% que responderam a pesquisa afirmaram que o seguro é muito importante; 37% o classificam como importante; 6% como nada ou pouco importante;2% foram indiferentes e 2% não souberam opinar.

Além disso, tal pesquisa ainda apontou que os brasileiros já recorreram ao DPVAT, 52% deram notas entre 9 e 10 para a satisfação com o serviço em geral.

Entre os principais indenizados encontram-se motoristas, pedestres e passageiros que se encontram no auge da idade economicamente ativa. Somente de janeiro a outubro do ano passado, das 259 mil indenizações feitas, mais de 180 mil foram para acidentados entre os 18 e 44 anos, sendo 70% desse número direcionado a vítimas de confirmação de invalidez permanente.

A pesquisa contou com 20020 participantes em 140 municípios diferentes, entre os dias 27 de outubro e 03 de novembro, medindo o grau de conhecimento do seguro DPVAT entre a população.

DPVAT 2021 MG gratuito: a isenção no bolso do motorista

Como dito no começo do artigo, foi decidido pelo Governo Federal que o seguro DPVAT 2021 MG e em todo o país não será cobrado. A taxa, antes, estava no valor de R$ 12,30.

Isso acontece por conta de que o mesmo já conta com o dinheiro disponível em caixa para amparar a população em casos de acidentes de trânsito ocasionados por veículos terrestres.

Graças ao cenário mundial que afetou 2020, a diminuição na circulação foi drástica. Logo, a quantidade de dinheiro que fora reunida nos anos anteriores pode ser tranquilamente transferida para uso neste ano.

Além disso, a gratuidade não é confirmada para o ano de 2022, onde o conselho deverá reunir-se novamente para tomar atitudes em relação ao seguro considerando a realidade do ano em questão.

Você pode se interessar também por:

Essa é a importância do DPVAT

Como vimos ao longo do artigo, o DPVAT garante a integridade e apoio às pessoas no trânsito, garantindo que tenham amparo em casos de acidentes terrestres.

Sendo assim, até mesmo arcar com este não é tão problemático, uma vez que os serviços adquiridos através do mesmo garantem que a pessoa que seja vítima de um acidente possa ter o tratamento adequado. O DPVAT é capaz de salvar vidas, e todo dia trabalha para tal.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

nove − 9 =

Licenciamento de veículos 2021: tudo que você precisa saber

IPVA 2021 MG: Calendário, Valor e Descontos. Todas as informações aqui