IPVA 2018 MG – Consulta, Valor, Calendário e etc

O IPVA 2018 será em média 2,98% menor em relação à 2017.

O Imposto sobre a Propriedade de Veículos Automotores (IPVA) em Minas terá redução média de 2,98% em 2018, segundo a Secretaria Estadual da Fazenda. Em contrapartida, a taxa de licenciamento permaneceu a mesma de 2017, sendo R$ 92,66 com vencimento no dia 2 de abril de 2018 e o valor já pode ser pago a partir de 4 de dezembro de 2017.

Sobre os Pagamentos do IPVA 2018

O contribuinte poderá parcelar o IPVA em três vezes, com vencimentos nos meses de janeiro, fevereiro e março. A primeira parcela vence no dia 10 de janeiro, referente aos veículos com placas de final 1 e 2.

Veja também:

Os pagamentos do IPVA 2018 das placas de final 1 e 2 serão feitos no dia 10. A escala acaba com os números 9 e 0, no dia 16 do mesmo mês. Quem optar por quitar o IPVA de uma só vez terá desconto de 3%.Os pagamentos a vista já podem ser feitos. A Taxa de Licenciamento Anual de VeículoTRLAV, em cota única permaneceu no mesmo no valor de 2017 sendo no valor de R$ 92,66 e com vencimento em 2 de abril de 2018, também já pode ser quitada.

IPVA 2018 MG

Agentes Arrecadadores

Para pagar o IPVA 2018 a vista ou parcelado você deve informar o número do Renavam nos terminais de auto atendimento dos seguintes Agentes Arrecadadores: Banco do Brasil, Mais BB, Banco Postal, Bradesco, Itaú, Bancoob, Mercantil do Brasil, HSBC, Caixa Econômica Federal, Casas Lotéricas e Santander.

Emissão da Guia de Arrecadação do IPVA

A emissão da Guia de Arrecadação do IPVA poderá ser feita também pelo site da SEF, nas Repartições Fazendárias e Unidades de Atendimento Integrado (UAI). As guias emitidas nas Repartições Fazendárias e UAI conterão o valor da Taxa de Expediente de R$ 7,91 em 2018.

Quem não pagar o IPVA nas datas estabelecidas gera multa de 0,3% ao dia (até o 30º dia), multa de 20% após o 30º dia e juros (SELIC) calculados sobre o valor do imposto ou das parcelas, conforme o caso. E mais, os devedores poderão ter seus nomes inclusos no Cadastro Informativo de Inadimplência em relação à Administração Pública do Estado de Minas Gerais (Cadin-MG). Os casos serão avaliados individualmente.

Do total arrecadado com o IPVA, 40% ficará com o Estado, 40% com a prefeitura e 20% com Fundo de Educação. Em 2017, Minas arrecadou R$ 4,6 bilhões. O Estado espera arrecadar, neste ano, 5,1 bilhões com o pagamento do imposto. A frota de veículos em Minas é de 9,767 milhões de veículos – crescimento 4% em um ano.

Tabela com as Datas de Vencimento do IPVA 2018

Veja abaixo uma tabela para facilitar a conferência das datas de vencimento do IPVA 2018:

Finais de Placas Cota Única / 1ª Parcela 2ª Parcela 3ª Parcela
Janeiro Fevereiro Março
1 e 2 10 15 15
3 e 4 11 16 16
5 e 6 12 19 19
7 e 8 15 20 20
9 e 0 16 21 21

Consulte o IPVA pelo seu Smartphone

As consultas de valores do IPVA 2018 podem ser feitas pelo Renavam ou Marca/Modelo pelo site da SEF (www.fazenda.mg.gov.br) e pelo telefone 155 do LIGMINAS para todo o Estado de Minas Gerais.

É possível também consultar o IPVA 2018 MG através do aplicativo gratuito para smartphones e tablets, está disponível, para sistemas Android e iOS e permite a consulta do valor do IPVA, da taxa de licenciamento e outras informações relacionadas ao registro de veículos automotores (carros, motos, caminhões, etc). Para ter acesso, basta baixar o aplicativo:

Pagar IPVA a vista ou parcelado?

Quem tem o valor integral para pagar o IPVA 2018 a vista deve verificar se o desconto é maior ou menor do que o rendimento da poupança, caso o dinheiro estivesse aplicado. Se o desconto for maior do que o rendimento, é melhor pagar à vista. Se for menor, é melhor pagar parcelado.

A conta fica simples quando exemplificado. No caso de Minas Gerais, que o desconto para quem paga a vista é de 3%, pode ser melhor pagar o IPVA em parcelas. Isso porque é possível conseguir uma aplicação com um ganho de pouco mais de 1% ao mês.

Em outros estados que o desconto pode chegar a 5%, é mais vantajoso pagar a vista, já que é bem difícil encontrar uma rentabilidade que atinja este percentual em três meses.

Isentos do IPVA 2018

Mais de 50 mil proprietários de veículos têm direito à isenção do Imposto sobre a Propriedade de Veículo Automotores (IPVA). Portadores de deficiências físicas, autistas e taxistas compõem a maior parcela da lista.

As situações de isenção do imposto são:

  • Entidade Filantrópica
  • Veículo de Embaixada
  • Portador de deficiência física, visual, mental ou autista (ICMS e IPVA)
  • Condutor Profissional Autônomo – TAXISTA (ICMS e IPVA)
  • Veículo de Valor Histórico
  • Veículo Recuperado de Roubo
  • Veículo Sinistrado com Perda Total
  • Veículo Objeto de Sorteio
  • Veículo Adquirido em Leilão Promovido pelo Poder Público
  • Veículo Cedido em Comodato
  • Veículo Usado em Estabelecimento Revendedor Inscrito
  • Veículo de Transporte Escolar
  • Conselho Tutelar Municipal (ICMS)
  • Doação de Veículo pelo Município ao Estado (ICMS)
  • Veículo Adquirido pelo Programa de Incentivo à Renovação da Frota de Caminhões no Estado

Lembrando que se faz necessário solicitar a isenção no site da Secretaria de Estado de Fazenda.

Saiba como Calcular o IPVA 2018

Em Minas Gerais, o valor do IPVA é calculado baseado no valor da Alíquota e da Base de Cálculo. Para saber o valor do seu IPVA 2018 basta multiplicar o valor de venda de seu veículo pela alíquota referente a seu tipo de carro e você terá como resultado o valor do IPVA.

Valor de venda x alíquota = IPVA

Alíquota

4,0% Automóveis, veículos de uso misto e utilitários;
3,0% Caminhonetes de carga (pick-ups) e furgão;
2,0% Automóveis, veículos de uso misto e utilitários com autorização para transporte público;
2,0% Motocicletas e similares;
1,0% Veículos de locadoras (pessoa jurídica);
1,0% Ônibus, micro ônibus, caminhão, caminhão trator.

Base de cálculo

Para veículos novos a base de cálculo do IPVA é o preço total que consta no respectivo documento fiscal de venda.

Para veículo usado, a base de cálculo do IPVA é o preço médio praticado no mercado, no final do exercício anterior ao da cobrança, divulgado pela Secretaria de Estado de Fazenda (SEF-MG)

Cadastre seu e-mail no campo abaixo para receber as novidades:

8 Comments

Leave a Reply
  1. Fui em duas agências bancarias quitar o IPVA e demais taxas em nenhuma delas constava os dados do meu veiculo. Tentei tirar guias pela internet também não consegui.
    Qual deve ser o procedimento
    Att Silvimar

  2. Senhores,

    Bom dia.

    Sugestão: O acesso a consulta é muito difícil, antes entrava com a placa e logo se conseguia as consultas necessárias, agora alem do renavan, que nem sempre temos em mãos, ainda entra facebook e um milhão de outras informações, ainda assim não consegui a consulta desejada que são os pagamentos feitos DPVAT, TX LIC., IPVA feitos em caixa eletrônico de 4 veículos. Vejam a possibilidade de dinamizar estes serviços.
    Desde já os agradeço.

    Sds,

    Matozinhos

  3. Fui pagar meu IPVA e descobri que o licenciamento 2013 não foi faturado mais foi pago e o 2014 estava constando que não foi pago e havia sido pago como não foi eu que fui pagar foi pago o 2014 2 vezes e não paguei a taxa de licenciamento ,Será que consigo receber o dinheiro de volta ou abaterá na taxa de licenciamento

  4. OBS..

    QUAL O PROBLEMA DE VOCES NAO COLOCAREM ,O MESMO SISTEMA PARA QUE POSSAMOS TIRAR-MOS O BOLETO PARA PAGAR O SEGURO DPVAT.

  5. Paguei meu ipva 2014 e também uma multa, já se passaram 48 horas e não foi dado baixa no site do detran mg olhei no site da receita federal e já esta tudo quitado. O site do detran está ligado com o da receita federal? Por que ainda não foi dado baixa?????????????? fui a um atendimento do detran me informaram que o prazo era de 48 horas e já se passaram esse tempo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

dez − cinco =

Consulta RENAVAM CRLV

Consulta RENAVAM

Consulta de Multas DETRAN MG

DETRAN MG – Consulta de Multas e Infrações